quarta-feira, 18 de abril de 2012

DE HANS CHRISTIAN ANDERSEN À MONTEIRO LOBATO - LIVRO INFANTIL

Você sabia que o mês de abril tem duas importantes datas para a literatura infantil?  No dia 2 é comemorado o Dia Internacional do Livro Infantil, em homenagem ao escritor Hans Christian Andersen, e no dia 18 de abril, Dia Nacional do Livro Infantil, em homenagem ao aniversário de nascimento de Monteiro Lobato, escritor e criador da literatura para crianças e jovens no Brasil.

Cada espaço educativo, escolas pública ou privadas, deveriam  comemorar essas datas mágicas com um projeto de literatura infantil, onde a programação deveria estar voltada para toda comunidade escolar, com apresentação de livros do acervo, estímulo à leitura e valorização do trabalhos de autores e lustradores.


Atividades que podem ser realizadas na programação do projeto:
* Visitas a bibliotecas
* Oficinas para educadores

* Coleta de livros
*  Vamos fazer uma Feira do Livro? 
Teatro com histórias de livros infantis
*  Desenho de importantes personagens de histórias infantis - fazer uma exposição
*  Biografias de escritores e ilustradores de história infantil
* Avental de histórias
* Usando fantoches ou dedoches
* Momentos de leitura no ambiente escolar:

   - Eu leio sozinho (Leitura Silenciosa)
   - Membro da comunidade escolar (vigia, merendeira, pais ou responsáveis, alunos, professores, equipe diretiva... 
     fazem leitura para um grupo
   - "Cada um no seu quadrado" - o sinal é tocado e cada um no local onde está pega um livro e começa ler (30 min.)
   -  Histórias cantadas


Essas atividades servem para estimular e incentivar o prazer de ler e contar história. O livro para a ser importante na vida do educando, pois costumamos, desde criança, " entrar na história" e, lá na frente da nossa existência, um dia aquele ser mágico (o personagem) e sua história serão acordados pelo inconsciente (a fada).


A literatura infantil exercita a imaginação e as emoções no ser humano.


Anita Aparecida Martins


segunda-feira, 9 de abril de 2012

LIVRO - "Fabulário"


Reuna seus filhos e as crianças da vizinhança, ou ainda seus alunos, caso lecione. Arrume espaço para que todos fiquem confortáveis, traga fantasias ou fantoches e leia o Fabulário de Julius Lester em voz alta, conforme recomendação dada no próprio livro. Destinada aos infantes, a obra é tão rica em aliterações e jogos de palavras bem construídos que será uma pena não materializá-la em sons, diálogos, narração. Apesar de construída com genialidade literária, sua linguagem é acessível a todos, crianças ou adultos.
Além desse, vários outros adjetivos podem ser atribuídos às fábulas criadas por Lester. Dentre eles, uma das mais importantes qualidades de seu fabulário é o distanciamento do lugar-comum. Recheada de personagens que são animais, mas sentem e agem como seres humanos (uma abelha que se apaixona, moscas que estudam), a obra trata de temas profundos como aceitação, auto-imagem e determinação. A abordagem, entretanto, não é sob a ótica da psicologia, mas sim da ingenuidade das crianças, ou seja, com muita simplicidade e clareza.
Complementando a viagem de Lester, a ilustração dos personagens se dá pelas figuras cativantes de Émilie Chollat. Com desenhos coloridos em aquarela e colagens, o livro aproxima-se das representações infantis como nenhum outro, causando imediata identificação no leitor.
A visão dos personagens de Julius Lester e a "moral" de cada fábula mostram que mesmo as virtudes são relativas, dependendo, assim, dos valores e referências de cada indivíduo.


Título: Fabulário
Autor: Julius Lester
Gênero: Literatura infantil 
Tradutor: Antônio Guimarães
Páginas: 32
Formato: 21 x 28 cm

LIVRO - "Pequeno.com"


Quando desligamos o computador, não imaginamos que o pequeno ponto do .com sai para uma visita à Duquesa de Amalfi em seu castelo. Lá, em vez do chá, prefere beber um bom cálice de tinta e aprontar uma enorme bagunça. Pequeno.com é uma maravilhosa história infantil que junta o universo lúdico dos pequenos com a presença da tecnologia e do computador, além de ser muito divertida. No final, nosso pequeno ponto é o instrumento que trará a paz entre a Duquesa e seu inimigo, o terrível Duque de Bogshott e seu Exército Branco, tudo com muita tinta preta. Dá para imaginar de que cor ficam os belos uniformes brancos dos soldados. Uma das características que destacam este livro são suas ilustrações. Elas fogem do tradicional e entram na área do moderno e despojado. Em cada página encontramos uma magnífica obra de arte moderna.


Título: Pequeno.com
Autor: Ralph Steadman
Gênero: Literatura infantil 
Tradutor: Lilian Jenkino 
Páginas: 32
Formato: 22 x 29 cm

LIVRO - "Emília, a boneca que virou gente"


Um dos personagens mais queridos do Sítio do Picapau Amarelo é a boneca Emília. Ela foi feita por Tia Nastácia com enchimento de retalhos de pano e flores de macela. Em Emília, a boneca que virou gente, as principais características da bonequinha são apresentadas ao leitor que está aprendendo a ler.


Título: Emília, a boneca que virou gente
Autor: Baseado no obra de Monteiro Lobato
Gênero: Literatura infantil 
Páginas: 16
Formato: 13,4 X 19 cm

LIVRO - "O Mundo das Crianças "

Com linguagem simples e divertida, este livro mostra como os bebês nascem e se desenvolvem, como eram a vida das crianças nas civilizações antigas, as brincadeiras, jogos e brinquedos de diferentes partes do Brasil e do mundo, as crianças que se destacaram na História, os direitos das crianças e os personagens infantis da literatura. O almanaque O mundo das crianças é ilustrado com fotografias e muitos desenhos com a Turma do Sítio do Picapau Amarelo e ensina a fazer brinquedos relacionados ao tema com material reciclado. Há também um glossário de A a Z que explica as palavras expressões assinaladas no livro.



Título: O Mundo das Crianças
Autor: Baseado no obra de Monteiro Lobato
Gênero: Literatura infantil 
Páginas: 136
Formato: 16,0 x 23,0 cm

LIVRO - "Futebol"


O Almanaque do Sítio do Picapau Amarelo Futebol conta tudo sobre o esporte mais popular do mundo de uma maneira divertida e informativa. Neste livro, os personagens de Monteiro Lobato contam a história do futebol, suas regras e táticas, os principais times e craques, os maiores campeonatos nacionais e internacionais, as copas do mundo. O almanaque traz ainda muitas fotos e ilustrações e ensina a fazer brinquedos com material reciclado como uma taça e um kit torcedor, entre outros. Há também um glossário de A a Z, que explica as palavras e expressões usadas dentro e fora dos gramados.

Título: Futebol
Autor: Baseado no obra de Monteiro Lobato
Gênero: Literatura infantil 
Páginas: 136
Formato: 16,0 x 23,0 cm

LIVRO - "Maluquinho por Arte"


Com muita pintura, música, poesia, literatura e filme, a Turma do Maluquinho mostra todo o seu talento em divertidas e criativas histórias criadas pelo cartunista Ziraldo. Eles descobrem em visitas a museus e aulas de arte que a vida pode ser bem mais emocionante com um pouco de cor e fantasia. Essa turminha está sempre buscando um novo desafio, enquanto Junim decide tocar o violino, Maluquinho cria uma história em quadrinhos e Julieta escreve poesias. Esteja preparado para dar boas risadas com esses verdadeiros artistas.

Título: Maluquinho por Arte
Autor: Ziraldo Alves Pinto
Gênero: Literatura infantojuvenil
Páginas: 112
Formato: 19,0 x 27,5 cm

LIVRO - "A reforma da natureza"


Para Emília, o mundo está todo errado. Ela não entende por que a jabuticaba, uma fruta tão pequena, dá em árvores gigantescas e abóboras imensas nascem em pés esparramados pelo chão. Em A reforma da natureza, a boneca de pano decide reformar cientificamente plantas, animais e insetos e causa muitos problemas ao desrespeitar o equilíbrio do meio

Título: A reforma da natureza
Autor: Monteiro Lobato
Gênero: Literatura infantojuvenil
Páginas: 72
Formato: 20,2 x 26,6 cm

LIVRO - "Quem manda aqui sou eu"


A Coleção Conviver Sítio do Picapau Amarelo aborda a importância da convivência no desenvolvimento das pessoas. Em cada livro a Turma do Sítio vive situações diferentes que envolvem temas como autoritarismo, ciúme, diferenças, arrogância, companheirismo, mentira, amizade e preconceito. Em Quem manda aqui sou eu, a Emília dá tantas ordens nas brincadeiras que deixa a turma desanimada e sem a mínima vontade de participar. A duras penas, a boneca mandona percebe que as brincadeiras em grupo só têm graça quando todos participam.
Sônia Travassos

A Coleção Conviver Sítio do Picapau Amarelo aborda a importância da convivência no desenvolvimento das pessoas. Em cada livro a Turma do Sítio vive situações diferentes que envolvem temas como autoritarismo, ciúme, diferenças, arrogância, companheirismo, mentira, amizade e preconceito. Em Quem manda aqui sou eu, a Emília dá tantas ordens nas brincadeiras que deixa a turma desanimada e sem a mínima vontade de participar. A duras penas, a boneca mandona percebe que as brincadeiras em grupo só têm graça quando todos participam.


Título: Quem manda aqui sou eu
Autor: Sônia Travassos 
Gênero: Literatura infantil 
Páginas: 32
Formato: 17,9 x 22,0 cm

LIVRO - "Você Sabia? Preservação do Meio Ambiente"


Todo mundo sabe como é importante cuidar da natureza e do ambiente. Todos sabem mas, às vezes, parece que ninguém se importa. No livro “Você Sabia? Preservação do Meio Ambiente” a Turma do Sítio do Picapau Amarelo mostra toda a importância de se reciclar o lixo, de não jogar detritos nos mares e nos rios, e ainda ensina, com a ajuda do Visconde, o sabugo mais sábio do mundo, como evitar o efeito estufa e a chuva ácida. Este livro pertence à “Coleção Você Sabia? Sítio do Picapau Amarelo”, que traz histórias em quadrinhos baseadas na obra de Monteiro Lobato e aborda temas que fazem parte do currículo escolar de uma maneira superdivertida, ao mesmo tempo que incentiva a leitura e a pesquisa.

Título: Você Sabia? Preservação do Meio Ambiente
Autor: Miguel Mendes (Mig)
Gênero: Literatura infantojuvenil
Páginas: 96
Formato: 20,2 x 26,6 cm

LIVRO - "Manual de Esportes do Cascão"


O Cascão adora praticar esportes e o futebol é o seu preferido. Neste manual, ele e toda a turma viajam pelos esportes mais populares no Brasil, como o próprio futebol, até os menos conhecidos como o sumô, muito popular no Japão. Há também entrevistas, brincadeiras divertidas e brinquedos criativos que são ensinados pelos personagens de Mauricio de Sousa. Este livro faz parte da coleção dos Manuais da Turma da Mônica.

Título: Manual de Esportes do Cascão
Autor: Mauricio de Sousa 
Gênero: Literatura infantil 
Páginas: 224
Formato: 13,5 x 19,0 cm

LIVRO - "Irmã "

Ela pode dividir brinquedos, roupas, broncas ou histórias. Irmã pode ser mais velha, mais nova ou até do meio. Nesse livro, o escritor e ilustrador Guto Lins explica que não é preciso ter o mesmo pai e a mesma mãe para se ter irmãs. Elas ajudam no dever de casa, pegam sapato emprestado, dividem uma paixão ou têm uma mesma religião. Irmã de sangue ou de consideração? Não importa, é tudo família. “Irmã” faz parte da Coleção Família, uma família de livros, uma família que encanta e emociona. Os livros “Avó”, “Mãe”, “Pai”, “Filho”, “Filha”, “Primo” e “Sogra” também são dessa família.



Título: Irmã
Autor: Guto Lins
Gênero: Literatura infantil 
Páginas: 40
Formato: 21.0 x 21.0 cm

LIVRO - "Vendo sem enxergar"


Com um agradável passeio no meio da tarde, Tonico, um menino cego, ensina seu amigo Zé a apreciar os detalhes da natureza, como a brisa de um dia quente ou a agitação dos passarinhos nas árvores. Nesse conto de Mauricio de Sousa, criador da Tuma da Mônica, é possível perceber que enxergar as sutilezas que estão ao nosso redor é uma experiência que envolve, não só a visão, mas todos os sentidos. O livro Vendo Sem Enxergar... faz parte da coleção Contos de Mauricio de Sousa e traz lindas ilustrações de Andreson Mahanski. O texto está de acordo com a nova ortografia da língua portuguesa.

Título: Vendo sem enxergar
Autor: Mauricio de Sousa 
Gênero: Literatura infantil 
Páginas: 32
Formato: 21.5 x 21.5 cm

LIVRO - "Blog da Mila "


Mila adora os animais, tem uma porção de bichos em casa, e por isso decidiu fazer um blog para falar sobre eles. As ilustrações dessa personagem já são conhecidas das capas de cadernos e de outros materiais escolares, mas no livro Blog da Mila ela ganha vida para dividir com os amigos na internet o seu amor pelos bichos. O formato da publicação é inovador, os posts do blog dividem espaço com as narrações das aventuras da Mila – ideal para as crianças que cada vez mais cedo se conectam ao universo virtual.

Título: Blog da Mila
Autor: Miguel Mendes (Mig)
Gênero: Literatura infantojuvenil
Páginas: 112
Formato: 20,2 x 26,6 cm 

LIVRO - "Era uma vez três velhinhas"


Marina, Mercedes e Virgínia eram três velhinhas que insistiam em continuar meninas. Ou, melhor ainda, eram meninas disfarçadas de velhinhas. Cada uma com o seu talento particular, elas pareciam meio fadas, distribuindo aquilo que tinham de melhor para as crianças. Até o dia em que só restou a saudade do trio de fadas-madrinhas da vida real.
Todo mundo conhece alguém parecido com uma dessas heroínas do livro Era uma vez três velhinhas. Alguém que personifique a figura de uma vovó, com a generosidade e o carinho que só as vovós – sejam elas legítimas ou postiças – são capazes de oferecer. O livro de Anna Claudia Ramos presta um tocante tributo a essas doces figuras, velhinhas especiais que cada um de nós guarda para sempre na memória afetiva.
A autora
Anna Claudia Ramos é carioca, formada em letras pela PUC/Rio, mestre em ciência da literatura pela UFRJ, curadora e mediadora do programa Leitura em Debate: a LIJ na Biblioteca Nacional. Viaja pelo Brasil ministrando palestras e oficinas sobre sua experiência com leitura e como escritora e especialista em Literatura Infantil e Juvenil. Para escrever esta história, Anna se inspirou em sua avó Gigi, que fazia os melhores doces do mundo, e em duas avós que ela adoraria ter tido, a Marina e a Mercedes, duas mulheres incríveis com quem conviveu por muitos anos.
O ilustrador
Alexandre Rampazo nasceu e cresceu em São Paulo, é ilustrador, autor de livros infantis e formado pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Durante muito tempo trabalhou como diretor de arte e designer, criando capas de livros e projetos editoriais. Quando criança, adorava as aulas na biblioteca da escola.


Título: Era uma vez três velhinhas
Autor: Anna Claudia Ramos
Gênero: Literatura infantil 
Páginas: 24
Formato: 25 cm x 25 cm

LIVRO - "O peixe Azul"

Um peixe azul que mora num ribeirão de águas limpas é o protagonista desta história. Ele adora ouvir os humanos que vão até a beiradinha para conversar. Principalmente as lições de um pai que explica as coisas do mundo ao filho, e fala sobre seus perigos. A criança sempre escuta atentamente, e aos poucos os ensinamentos também vão sendo compreendidos lá no fundo do riacho...

A história de O peixe Azul foi escrita por Gabriel Chalita e ganhou ilustrações de Mauricio de Sousa na edição que chega às livrarias pela Globo. A parceria entre Chalita, que vem publicando uma série de livros infantis de sucesso, e o criador da Turma da Mônica, não poderia ter outro resultado: um livro inspirador para crianças, que traz com equilíbrio as características de cada um deles.

O peixinho escuta atentamente os conselhos sobre o perigo das águas, mesmo em um ribeirão pequeno, ainda na nascente, mas que pode repentinamente se tornar violento. Apesar de sua condição – e para divertimento dos outros peixes – ele passa a ficar com medo das enxurradas. Com o tempo, o peixe, que tem o nome de Azul, conhece um companheiro, o Amarelo, mais experiente. Eles vão desenvolver uma grande amizade e falar sobre as coisas que sabem e escutam.

O garoto, é claro, vai participar mais ativamente da historinha. Conversando com os peixes em um momento muito difícil, o personagem mostra uma face reflexiva, como é característica dos textos de Gabriel Chalita. Sem, é claro, perder a graça e a leveza do traço de Mauricio de Sousa.



Título: O peixe Azul
Autor: Gabriel Chalita e Mauricio de Sousa
Gênero: Literatura infantojuvenil
Páginas: 50
Formato: 21 x 27 cm

LIVRO - "A ética do Rei Menino "


Era uma vez um reino diferente, que não ficava longe nem perto, mas num lugar que todas as crianças conhecem e habitam: a imaginação. Este lugar tinha nome – era o “Reino Mágico da Consciência”. Ele foi concebido por um Artista, que o encheu de beleza e de harmonia, dotou os bichos e as plantas de consciência e os colocou sob a liderança de um menino. Em Sua sabedoria, este grande Criador deixou um lugar vazio. Apenas um pedacinho de Nada, para que todos que ali habitavam soubessem dar valor ao que viam em seu redor.

É neste lugar encantado que Gabriel Chalita constrói sua narrativa em A ética do Rei Menino, com prefácio do padre Marcelo Rossi e ilustrações de Graça Lima. O livro, voltado ao público infantojuvenil, é um percurso em direção aos valores mais elevados, e que muitas vezes parecem perdidos num mundo frenético e materialista. Chalita prova mais uma vez que, em suas muitas atividades, há sempre um sentido maior que está presente em tudo o que faz, inclusive em mais este livro: o espírito do educador.

As histórias são contadas e vividas pelos animais e pelas plantas que cultivam as amizades, sabem fazer o bem, mas também – como cada um de nós – têm dúvidas e fraquezas pelo caminho. Nos nove primeiros capítulos, o tema central é uma das grandes virtudes, como “agir com moderação”, “viver a justiça”, “valer-se do coração”, “ser amigo”, “cultivar o amor”... O último, no entanto, tem um apelo especial. Ele representa a plenitude: simplesmente “ser feliz”.



Título: A ética do Rei Menino
Autor: Gabriel Chalita
Gênero: Literatura infantojuvenil
Tradutor: Gisella Brigitte Laub
Páginas: 125