segunda-feira, 9 de abril de 2012

LIVRO - "A ética do Rei Menino "


Era uma vez um reino diferente, que não ficava longe nem perto, mas num lugar que todas as crianças conhecem e habitam: a imaginação. Este lugar tinha nome – era o “Reino Mágico da Consciência”. Ele foi concebido por um Artista, que o encheu de beleza e de harmonia, dotou os bichos e as plantas de consciência e os colocou sob a liderança de um menino. Em Sua sabedoria, este grande Criador deixou um lugar vazio. Apenas um pedacinho de Nada, para que todos que ali habitavam soubessem dar valor ao que viam em seu redor.

É neste lugar encantado que Gabriel Chalita constrói sua narrativa em A ética do Rei Menino, com prefácio do padre Marcelo Rossi e ilustrações de Graça Lima. O livro, voltado ao público infantojuvenil, é um percurso em direção aos valores mais elevados, e que muitas vezes parecem perdidos num mundo frenético e materialista. Chalita prova mais uma vez que, em suas muitas atividades, há sempre um sentido maior que está presente em tudo o que faz, inclusive em mais este livro: o espírito do educador.

As histórias são contadas e vividas pelos animais e pelas plantas que cultivam as amizades, sabem fazer o bem, mas também – como cada um de nós – têm dúvidas e fraquezas pelo caminho. Nos nove primeiros capítulos, o tema central é uma das grandes virtudes, como “agir com moderação”, “viver a justiça”, “valer-se do coração”, “ser amigo”, “cultivar o amor”... O último, no entanto, tem um apelo especial. Ele representa a plenitude: simplesmente “ser feliz”.



Título: A ética do Rei Menino
Autor: Gabriel Chalita
Gênero: Literatura infantojuvenil
Tradutor: Gisella Brigitte Laub
Páginas: 125

Nenhum comentário:

Postar um comentário