quinta-feira, 7 de junho de 2012

AS VIAGENS DE GULLIVER

Era uma vez um jovem chamado Gulliver que decidiu viajar pelo mundo. Então, durante uma tempestade, seu barco afundou e ele conseguiu nadar até a praia.
Quando acordou, estava sendo espetado por pequenos dardos atirados por homenzinhos. Gulliver, então, foi levado prisioneiro até o imperador dos pequenos soldados. O imperador disse:
- Aqui em Liliput, temos um terrível inimigo que vive na ilha vizinha, e precisamos de sua ajuda. Em troca, daremos comida e abrigo.
Gulliver decidiu. Afinal, os homenzinhos eram até muito simpáticos. À noite, Gulliver atravessou o estreito e destruiu os barcos inimigos. Quando voltou, os liliputianos, agradecidos, ajudaram-no a voltar a Inglaterra.
Em Londres, Gulliver arranjou  outro navio e voltou para o mar. A viagem demorou tanto que faltou água.Ao encontrar terra, mandou alguns marinheiros à procura de água doce.
Gulliver também saiu à procura  de água, mas foi surpreendido por um gigante que queria apanhá-lo.
Os marinheiros fugiram apavorados e o gigante conseguiu apanhá-lo. Ao olhar para Gulliver, o gigante teve uma ideia ganhar dinheiro mostrando-o em seu reino. Gulliver trabalharia como ator para divertir as pessoas que pagariam para vê-lo
Na   capital do reino dos gigantes, a rainha resolveu comprar Gulliver por cem por cem moedas de ouro. Afeiçoada a Gulliver, a rainha  ordenou que construíssem uma casa do tamanho dele para que ficassem bem acomodado.
Mas, uma noite, duas enormes vespas o atacaram. Depois de lutar ferozmente com sua espada, conseguiu sair vitorioso. Ao chegar, a rainha viu o final do combate sem poder fazer nada para ajudar Gulliver.
Então, a rainha deixou Gulliver voltar para sua casa. Em Londres, Gulliver vivei feliz , escrevendo  sobre suas viagens fantásticas,

Fonte: TodoLivro Ltda. Texto: Roberto Belli. Ilustrações:Belli Studio. Editora BrasiLeitura.


Nenhum comentário:

Postar um comentário