quinta-feira, 7 de junho de 2012

O FLAUTISTA DE HAMELIN

Era uma vez uma cidadezinha muito tranquila chamada Hamelin. Um dia, os ratos invadiram a cidade, incomodando todos os moradores. Os moradores tentaram acabar com os ratos, e nada. Reclamaram com o prefeito que prometeu dar um baú cheio de ouro para quem conseguisse expulsar os ratos. Então, um rapaz do povoado veio até o prefeito e disse: - Tocando a minha flauta, eu posso mandar os ratos embora. Começou a tocar a flauta e os ratos saíram dos buracos e das tocas. O rapaz foi andando para fora da cidadezinha e os ratos, enfeitiçados pelo som da flauta, o seguiram. O rapaz levou os ratos para bem longe e a cidade ficou livre de todos eles. Ao retornar para pegar a sua recompensa, o prefeito não quis entregá-la ao flautista. Achou que o rapaz não merecia um baú cheio de ouro só porque ele havia tocado uma simples flauta. Numa noite,enquanto todos dormiam, o rapaz tocou a sua flauta novamente. Todos os meninos da cidadezinha se levantaram e saíram de suas casas, e seguiram o flautista para um lugar desconhecido. O prefeito mandou chamar o flautista e prometeu mais uma vez que entregaria a recompensa se ele trouxesse de volta as crianças da cidade. O rapaz tocou sua flauta e as crianças, uma a uma, voltaram felizes para as suas famílias. E a cidadezinha voltou a ser tranquila e feliz como antes e o flautista, muito rico, ajudou muita gente durante toda a vida.

Fonte: TodoLivro Ltda. Texto: Roberto Belli. Ilustrações:Belli Studio. Editora BrasiLeitura.


Um comentário: