sexta-feira, 13 de julho de 2012

FOLCLORE - LENDA DA MULA SEM CABEÇA

Segundo a lenda, Mula Sem Cabeça é encontrada mais facilmente em pequenos povoados, onde existam casas rodeando uma igreja. Dizem que ela é uma mulher que namorou um padre, e por este motivo foi amaldiçoada.
Muitas pessoas juram ter visto a criatura, e afirmam que ela é uma mula de cor preta ou marrom, e no lugar da cabeça o que se consegue ver é somente fogo.
Possui em seus cascos ferraduras que podem ser de aço ou de prata.
Ela  costuma aparecer na noite de quinta para sexta-feira, quando percorre diversos povoados. À noite ouve-se seu galope, acompanhado de longos relinchos. `
Às vezes parece chorar, como se fosse uma pessoa.
Coitado daquele que aparecer em seu caminho! Se ela encontrar alguém chupará seus olhos, unhas e dedos. Ao ver uma Mula Sem Cabeça, a pessoa deve se deitar no chão, fechar os olhos e  esconder as unhas e os dedos.
Existe uma maneira de quebrar o encanto, mas tem que ser realizado por uma pessoa muito valente. Dizem que essa pessoa deverá picá-la com alfinete até sair sangue. Quebrado o encanto, ela finalmente voltará a ser uma mulher normal.

Fonte: Patricia Amorim. Nosso Folclore. Editora Vale das Letras Ltda.




2 comentários: