sexta-feira, 13 de julho de 2012

FOLCLORE - LENDA DO GUARANÁ

Na tribo dos Maués vivia um lindo indiozinho, de bom coração e inteligência fabulosa. Como era muito esperto e alegre, todos na tribo o admiravam.
O espírito do mal rondava aquela tribo, e invejava o pequeno indiozinho. Ele resolveu acabar com a vida do menino e não iria sossegar até que conseguisse fazer mal ao pequeno. Os outros índios sabiam disso, desta forma estavam sempre por perto para protegê-lo.
Teve um dia que o indiozinho se distraiu brincando, afastando-se da tribo. Jurupari, o espírito do mal, não perdeu tempo,transformou-se uma cobra e deu  o bote, matando o menino.
Ao cair da noite, os índios deram pela falta da criança. Iniciaram uma busca por toda a tribo e encontraram-no caído aos pés de uma árvore.
Uma tristeza sem igual se abateu por toda a tribo. Todos lamentavam a inusitada morte da criança mais amada da tribo dos Maués.
Passados alguns dias, no local em que fora enterrado, nasceu uma planta, cujos frutos eram brilhantes e alegres como os olhos do pequeno menino. Assim nasceu o GUARANÁ, fruta viva e forte como a felicidade que o indiozinho dava aos seus irmãos.

Fonte: Patricia Amorim. Nosso Folclore. Editora Vale das Letras Ltda.



Um comentário: