quinta-feira, 29 de março de 2012

A PEQUENA SEREIA

Era uma vez uma jovem Sereia que gostava de tomar sol sentada em uma rocha. Um dia ela viu um lindo príncipe por quem se apaixonou.
Mas seu pai o rei dos mares lhe disse:
- Minha filha você não pode amar um humano, você é uma sereia! Veja, você tem cauda, os humanos têm pernas!
A Pequena Sereia então foi procurar a bruxa do mar e pediu:
- Por favor eu quero ter pernas!
A bruxa aceitou realizar o encanto, mas em troca queria a linda voz da Pequena Sereia.
A Pequena Sereia estava tão apaixonada que concordou com a bruxa.
Tomou a poção mágica e desmaiou, quando acordou estava na praia, o lindo príncipe encontrou-a e fez dela sua amiga.
Mas a Pequena Sereia estava muda, não podia falar do seu amor. Um dia soube que ele iria se casar, resolveu visitar o príncipe, enquanto ele dormia , para se despedir, chorou e não teve coragem de deixá-lo.
O casamento era com a bruxa disfarçada, mas por acidente quebrou-se a joia que a bruxa levava no pescoço, quebrando, assim o encanto.
A bruxa voltou à sua forma e a voz da Pequena Sereia foi recuperada.
Feliz, a Pequena Sereia pode contar toda a sua história ao príncipe, que vendo tanto amor resolveu se casar com ela. Casaram-se e foram felizes para sempre.


Fonte: Texto de Cristina Marques e Roberto Belli. Histórias Encantadas.
Editora BrasilLeitura.



2 comentários:

  1. esse texto e grade mas e uma boa leitura para criaças de todo o brasil e do mundo intero

    ResponderExcluir